Publicado por: danielbiologo | 13 dezembro 2009

Campeões na falta de respeito ao trânsito

Elas são rápidas, ágeis, com valor acessível para compra e poluem mais que os carros. Estamos falando das motos.

Para quem vive em São Paulo, sabe como são esses veículos que na prática deveria funcionar ao contrário. E acho que isso se repete na maioria das cidades de nosso país. Eles são disparados os campeões na falta de respeito no trânsito. E o pior que muitas vezes quando estão errados eles reclamam. Acham-se os donos do trânsito. Uma tristeza.

Motoqueiros, motociclistas ou moto boys, sempre têm as exceções, neste caso poucas, mas infelizmente a grande maioria não respeita o trânsito. E com a total imprudência dessa grande maioria é a principal causa dos acidentes entre os motociclistas. Eles desrespeitam a sinalização, muitas vezes nem tomam conhecimento dos pedestres e dirigem em alta velocidade. E por isso, hoje em São Paulo e acho que em todo o país, talvez eles sejam o maior perigo para nós ciclistas, mas ainda do que os carros, porque os carros estão parando no trânsito caótico de São Paulo. Pois ao andar em alta velocidade e muitas vezes em ziguezague entre um carro e outro pode pegar por trás uma bicicleta. Aconteceu comigo. Felizmente não aconteceu nada e ainda fui xingado.

Além de um desrespeito às leis e normas de circulação, esses motociclistas põem em risco a própria vida.

Elas poluem mais!!!!
Ao contrário do que comumente se acredita e embora pareça lógico imaginar que as motocicletas sejam mais “verdes” por serem menores, estudos mostram exatamente o contrário. As novas motocicletas produzidas e vendidas em 2008 emitem até quatro vezes mais poluentes que os automóveis, mostram relatório da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

Na trilha
Na trilha, para quem pratica mountain bike, o perigo são os trilheiros de motos. Uma coisa que gostaria de entender é porque quando eles vêem uma bicicleta eles aceleram ainda mais quando estão perto. Sem contar com o barulho e o cheiro horrível do combustível. Além disso estragam as trilhas fazendo enormes buracos.

Governo ainda dá incentivo
O Brasil é o país dos motores. Além dos carros as motos tiveram também a redução do IPI. E a bicicleta ficou de fora disso. Que absurdo. Sem comentários.

MOTO = + VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO
E a coisa fica cada dia pior, pois nada é feito e a cada dia convivemos ainda mais com esse novo tipo de violência. Enquanto isso, em São Paulo, empresas continuam usando moto boys e com isso sem saber estimulam ainda mais a violência no trânsito. Não sei onde vamos chegar.

“Srs. Motoqueiros coloquem a mão na consciência. Lembre-se que não existem só motos nas ruas e rodovias”.
Mas o que esperar de um país onde nosso próprio presidente incentiva e estimula a compra de veículos?

Texto Original no site Sampa Bikers

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: